sexta-feira, 18 de março de 2011

Nota rápida e rasteira

Maria,

O que faremos do tempo não sei dizer, quanto menos da vida. Mas certamente, pra não deixar de ser alguém que gerundia, mesmo que contra a vontade, eu diria que tudo será no seu tempo. Vá caminhando, cantando, bebendo, caindo e levantando, se for possível.

Ando um tanto quanto entorpecida e emburrecida nos últimos tempos, por isso a falta de notícias, mas saiba que estamos num mesmo barco.

Um beijo,

Judith.

2 comentários:

  1. Pra todas que estão no mesmo barco, seja qual for: http://4.bp.blogspot.com/_xdOB4pb78LM/TUg26-Fab6I/AAAAAAAABFc/2DFUacaGQO4/s1600/consolo

    Só pra descontrair! Um abraço

    ResponderExcluir